maysa – quando fala o coração [nove capítulos depois]


Eu gostei muito da primeira semana da minissérie. Mas tenho de confessar que, na segunda, eu não tive muita paciência. Primeiro, aquele horário mais sem pé nem cabeça. Segundo, virou totalmente um trabalho feito de filho pra mãe. (O Jayme Monjardim precisa consultar um terapeuta urgente.) A minissérie não era sobre a Maysa? Pra quê tantas cenas do Jayminho chorando pela mãe? Bem que eu desconfiava que viraria um melodrama.

Eu não sei como a Maysa era, mas, pela versão televisiva, ela parecia ser mais uma pessoa mimada do que dona de uma personalidade forte. E acho que o JM não superou a separação dos pais. Ou será que alguém comprou aquela idéia de que, apesar de tantos outros amores, ela continuou apaixonada pelo André Matarazzo?

Esse fim de semana, depois de ver inteirinho o melodrama, li uma crítica do Lira Neto enviada pela Gabriela, que leu a biografia da cantora e concordava em gênero, número e grau com que o autor de Maysa: Só numa Multidão de Amores (editora Globo, 2007) dizia, e  um trecho diz assim:

Por vezes, há a tentativa de idealizar certos personagens e amenizar as asperezas da vida real. Como quando se coloca André Matarazzo sentado candidamente na plateia da cerimônia de entrega de um prêmio concedido a ex-mulher. Ele não estava lá.
Nas cenas da histórica temporada de Maysa em Buenos Aires ao lado de Bôscoli, Roberto Menescal e o célebre Tamba Trio, ela surge cantando bolerões rasgados. Uma pena. A minissérie sonegou assim ao telespectador a informação de que, justamente naquela viagem, Maysa se tornou a primeira cantora brasileira a cantar um repertório de bossa nova fora do Brasil.

Ruim, né? Claro, devemos tirar o chapéu para a produção. Mas a Globo também sempre arrasa em suas produções. Acho que o problema foi sentimental mesmo. A Maysa que estava ali era a Maysa mãe de um filho ressentido. Esses deslizes acontecem quando há um envolvimento muito grande com a personagem. Erros históricos, no entanto, são imperdoáveis, eu acho. Faltou um cuidado, ou melhor, uma falta de respeito com o público. Eu mesma compraria tudo que foi dito se não fossem as conversar com a Gabriela ao final de cada capítulo da primeira semana, nas quais ela me contava as fofocas desse universo. Por exemplo, a noiva de Ronaldo Bôscoli não era Beta nenhuma, e sim, a Nara Leão, que ficou sabendo do envolvimento dele com a Maysa pelos jornais.

Falar de alguém é muito complicado, ficar isento é complicado. A proposta do meu TCC, como já citei aqui várias vezes, é o perfil de uma artista plástica pela qual tenho profunda admiração, e ao redigir a primeira página sofri à beça com essa história de manter a isenção. O que, de fato, o JM não conseguiu. Mas a arte das músicas da mãe, dos cenários e figurinos e a espantosa semelhança de Larissa Maciel encantaram muita gente.

Anúncios

4 comentários sobre “maysa – quando fala o coração [nove capítulos depois]

  1. K. Outra coisa imperdoavel (tem acento?kkk) da Globo se refere aos horários. D. me pediu para gravar no DVD e foi um suplício. Em reta final de novela e inicial de BBB os capítulos de Maysa foram jogados para as 11, 11 e meia culminando no último capítulo, atrasado também pelo Globo Repórter que fez jabá da Índia. Este terminou por volta da uma da manhã!

    Esse é o respeito com o público que quer ver alguma coisa com um pouquinho mais de qualidade do que o normal.

    beijos, Waldir (Bruce)

  2. Estou vendo o primeiro cap de Maysa, no youtube, enquanto trabalho. em casa tem os outros gravados. Quero, mas tenho preguiça de assitir…{D.}

  3. O exagero da relação mãe e pai foi a pior coisa de Maysa. Beirou o insuportável. Eu perdi a conta de quantos flashback mostrando eles dizendo o mesmo “Eu te amo” aconteceram sem acrescentar nada de novo.

    Musicalmente, a minissérie serviu para a conhecermos bem. E eu sempre quis ir atrás dos discos dela mas acaba esquecendo por um motivo ou outro. Problema resolvido. 🙂

    Um ponto positivo ao Jayme é que ele não ficou com receio de mostrar que a mãe o fez sofrer muito. Outro talvez amenizaria isso também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s