avatar


Eu poderia fazer um post só falando mal de Avatar. Mas como faria isso, se eu gostei mesmo com todos os defeitos de um blockbuster? O filme é longo – duas horas e quarenta minutos –, mas, quando você está começando a cansar da história, acontece algo que lhe prende a atenção novamente. A parte de romance também é meio chatinha, é como todo romance de novela, bobinho. Ok, ok, eu disse que não falaria mal, então, vamos para o que eu gostei de Avatar. Primeiro, é lindo. Uma paleta de cores lindérrima! Uma mistura de cores néon do fundo do mar com as cores luminosas que imaginamos quando falamos de ciberespaço. Por mais que o filme tenha toda uma “pegada” sustentável, salve a natureza etc, o legal é ver como essa metáfora pode ser muito compreendida como o mundo que vivemos em rede. Assim como os Na’vis estão conectados ao universo deles por uma espécie de trança, nós também utilizamos cabos (ou redes sem fio) para nos conectar com o mundo. De alguma forma, também estamos conectados uns aos outros e habitamos esse ambiente virtual com nossos avatares. E também temos uma árvore mãe que concentra toda nossa memória, mas que poucos humanos sabem onde ela está – ou alguém aqui sabe onde fica o super hd do google? Minha vida virtual, com certeza, está nele. E quantas vezes, assim como Jake Sully (Sam Worthington), sentimos vontade de migrar de vez para o ciberespaço e abandonar essa realidade física tão perturbadora?

(Só não o faço, porque as experiências artísticas precisam ser vividas ao vivo, e eu sou uma jornalista que adora sujar os sapatos!)

É arte: a computação gráfica. Os efeitos especiais são incríveis. Vale a pena ver só para curtir o filme visualmente. LINDO!

É fato: Mesmo em 2D o filme transparece uma profundidade e qualidade de imagem em 3D. Em alguns momentos eu conseguia imaginar como seriam algumas cenas em 3D.

:: Avatar, ficção cientifica. Direção: James Cameron. EUA/2009. 166 minutos

Anúncios

2 comentários sobre “avatar

  1. Achei a sacada das tranças uma delicinha. E é visualmente perfeito, K, concordo. Lindo MESMO.

    🙂

    Beijo! Saudade mandou lembranças! Quando nos veremos no novo ano?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s