dalva & herivelto [capítulo um]


Mais uma vez a produção da rede globo dá um show de caracterização. E muito diferente de Maysa, não  há excesso de sentimentalismo. E não venha com a conversinha de que Maysa era mais intensa. Já deu para notar que tanto Dalva como Herivelto foram duas pessoas de personalidades muito fortes e intensas em seus sentimentos. A diferença entre as duas minisséries está condução dos fatos. Mas não falemos mais disso, vou acabar puxando o saco de Dennis Carvalho e M. A. Amaral.

Eu não conheço muito da música dos anos 40. Na verdade, não gosto dessas músicas de fossa, mas adoro os sambinhas! E que raiva eu sinto de não ter vivido na época para frequentar o Cassino da Urca, aquele lugar parecia ser demais! =) Essa nostalgia boba do tempo que não vivi sempre acontece quando vejo essas produções de época. Tudo parece tão mais bonito. Mas a culpa disso é da direção de arte. Figurinos, cenários, iluminação que enchem os nossos olhos e nos deixam encantados – alguém reparou nas cores frias e quentes: frias para o presente e quentes para o passado? LINDO! E para completar a Adriana Esteves e o Fábio Assunção estão muito bem. Aguardo ansiosa pelos próximos capítulos.

Enquanto escrevia esse post procurei por vídeos da época que mostrassem Dalva e Herivelto cantando e só achei alguns mais “recentes” que seguem:

Anúncios

3 comentários sobre “dalva & herivelto [capítulo um]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s