alices


Adoro o trabalho de Marilá Dardot. ADORO. A artista trabalha com a mesma matéria prima que eu utilizo na minha função: a palavra. Em sua mais recente obra, Alices, exposta no Centro Brasileiro Britânico, ela conseguiu unir três paixões minhas: a palavra, artes visuais e o livro (ou os livros se pensarmos separadamente em País das Maravilhas e Por dentro do espelhoAlice, de Lewis Carroll.
Marilá identificou na obra literária 12 mudanças de tamanho da personagem e com isso montou a série Alices. Numa sala, há 13 espelhos dispostos lado a lado com imagens do livro com essas passagens de Alice encolhendo ou crescendo. Nas que retratam a personagem grande a imagem das páginas é pequena, mas quem está vendo o quadro se vê no espelho, em relação a imagem da página, grande como Alice. Quando é o contrário, a página do livro ocupa quase espelho todo e espectador quase não se vê, ele diminui como Alice. Dessa forma, a artista coloca o espectador dentro da história para viver um pouco com a personagem seus encolhimentos e estiramentos. É muito interessante esse paradoxo que ela acaba criando: quando pequeno é grande; quando grande é pequeno. Porque o livro é feito dessas ambiguidades, dos paradoxos, do jogo com palavras, que Marilá parece ter compreendido muito bem.

É arte: numa outra sala está a obra “Orange Gardens”, de Chris Bierrenbach. A artista construiu um labirinto com voil – um tecido translúcido – estampado com imagem de um parede de tijolos baianos. Apesar da transparência do material, não sei se por causa da impressão, as paredes do labirinto têm uma certa materialidade. Por mais que você consiga ver através das “paredes” as imagens sobrepostas embaralham a visão tirando a possível vantagem que teria por conseguir ver através das paredes. #muitointeressante

É fato: Centro Brasileiro Britânico é um pouco intimidador para abrigar mostras. Talvez por ser um local já destinado a esse tipo de evento, como museus e galerias. Achei desconfortável entrar lá para ver duas obras. Mas vale a penar romper a barreira e conferir.

:: Alices – Centro Cultural Britânico: r. Ferreira de Araújo, 741, tels. (11) 3095-4466/e 3819-4120. Seg. a sex., 11h/19h; sáb. e dom., 11h/16h. Até 11/04

Anúncios

Um comentário sobre “alices

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s