tudo pode dar certo


Eu não entendo de muito de cinema. Mas dos filmes de Woody Allen acho que conheço alguma coisa. Afinal, assisti a 30 filmes dele e li sua “autobiografia”. Esse último, vi duas vezes. A primeira quando eu achei que nada daria certo e a segunda com quem eu acreditava que tudo poderia dar certo.

Não tenho dúvida que Tudo pode dar certo está entre os melhores, para não dizer o melhor do diretor, dos últimos anos. W. Allen volta a forma de seus clássicos dos anos de 1980. Comédia leve, ambientada em Nova York e sua personagem de sempre, mas dessa vez vivida pelo ótimo Larry David. (O único ator que eu achava que poderia viver o papel de Woody era Jason Biggs, por causa do filme Tudo igual na vida. Mas, como sempre, eu estava enganada!) David achou o tom certo para viver o neurótico novaiorquinho. Com boas piadas e um elenco que dá um show de interpretação, Tudo pode dar certo é a pedida para quem quer dar boas risadas e matar a saudade dos bons trabalhos do direto.

É arte: a fotografia assinada pelo genial Santo Loquasto, que já fotografou vários filmes de Allen.

É fato: a tradução do título do filme novamente é meio falha. Não é que tudo pode dar certo, Boris (Larry David) procura/aceita qualquer coisa que funcione, whatever works (título em inglês).

:: Tudo pode dar certo, de Woody Allen. 2010. EUA. Comédia. 92 min

Anúncios

Um comentário sobre “tudo pode dar certo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s