toy story 3


Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Sempre fui uma pessoa de poucos, de pouquíssimos ou de nenhum amigo. Talvez por isso não tivesse entendido, até semanas atrás, a frase acima de Vinicius de Moraes. Eu não sei se teria conseguido me levantar se não fosse a ajuda das amigas que descobri, ou melhor, que tive a certeza que tenho nas últimas semanas. Elas foram fundamentais para que eu reativasse esse blog, para que eu tivesse momentos de risos em dias que eu só queria chorar, para que eu acreditasse na frase “vai passar”. Elas estão me ajudando a fazer com que  o tempo passe de forma menos dolorida. E esse post é para elas, que me acudiram no momento de desespero, que me ouviram pacientemente, que dividiram brigadeiros comigo, que estão fazendo esse vazio ficar menor.

Mais que um filme de lição de moral para as crianças cuidarem bem de seus brinquedos, Toy Story (e suas continuações) é uma história de amizade. Nossos brinquedos são os nossos primeiros amigos. O Lulu, ursinho de pelúcia que minha madrinha me deu, está comigo desde que nasci. Não me lembro de uma noite em que tive pesadelo e ele não me fez companhia ou não me ajudou a dormir. Valentina, minha boneca daquelas da série Meu Bebê da Estrela, já foi maior do que eu e inúmeras vezes minha filhinha. Foi com ela que entendi que não nasci pra ser mãe – nunca consegui colocar a fralda direito. Poderia passar a noite listando os vários brinquedos que foram os meus melhores amigos durante muito tempo. Ah, o Meu Primeiro Gradiente, que fez descobrir, ainda tica, a vocação para o jornalismo.

Andy tem vários brinquedos inesquecíveis como eu. Woody, Buzz, Senhor e Senhora Cabeça de Batata… Brinquedos que cresceram com ele e agora terá de guardá-los porque irá para faculdade. E quem não teve de fazer isso? Tirar as Barbies e carrinhos da prateleira para dar lugar aos livros? Será que meus brinquedos ficaram muito chateados quando subiram para o sótão ou foram para a casa dos meus primos menores? A turminha liderada por Woody ficou muito mal. E eles passarão por algumas aventuras até chegarem a sua última parada. Nesse caminho, pela terceira vez, eles comprovarão novamente esse sentimento chamado amizade.

É arte: são poucas as continuações que conseguem ser tão boas quanto o primeiro episódio. E essa última de Toy Story é muito boa. Mas vou relembrar aqui a música tema do primeiro e dedicar às minhas queridas amigas!

É fato: está cada vez mais difícil conseguir ver uma animação ou filme classificado como infantil legendado e sem ser em 3D.

:: Toy Story 3 de Lee Unkrich. Pixar e Disney. Animação. 102 min. EUA. 2009

Anúncios

10 comentários sobre “toy story 3

  1. Fofura pura. 🙂
    O post, o filme, a volta do blog, tudão.
    Agora vou fuçar as mudanças, beijo! 😀

    (Amiga, estooou aquiiii ♫)

  2. awwwwww
    eu tenho me emocionado com você todo esse tempo, sabia… agora tmb!
    te amo, flor, muito muito muito

  3. Não sou a maior fã de animações, apesar de amar Ratatouille por motivos óbvios hehehe… mas é muito especial mesmo lembrar dos brinquedos… é por isso que até hj jogo video game kkk… e sobre os amigos, não tem nem como explicar… com um ai, eles já sacam tudo… e tão aí pras broncas, diversão, tudo! fico feliz por saber como é S2

  4. é pra antecipar a sexta feira e os outros dias que virão…

    “Pasarán los años,
    Cambiarán las modas,
    Vendrán otras guerras,
    Perderán los mismos
    Y ojalá que tú
    Sigas teniéndome a tiro”

  5. Eu chorei muitos litros vendo Toy Story 3. Porque, além do filme ser sobre amizade, mostra uma coisa que nos é inevitável. A gente envelhece e muita coisa que às vezes nos é tão cara acaba ficando para trás.

    Enfim, seu blog é lindo e mesmo a quilômetros de distância eu continuo insistindo que vai passar e logo vc estará saltitante pelas ruas de são paulo.

  6. Nhó! Obrigada, Larissa! Acredito que já estou 80%! Apesar de às vezes rolar umas recaídas. Mas como todas vocês dizem, “vai passar”.

    E uma coisa é verdade, é muito triste ver que estamos envelhecendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s