5x favela – agora por nós mesmos


Confesso que tenho um certo bode de filme de favela. O tema/cenário já foi tão explorado pelo cinema, televisão e outras mídias que, só de pensar em mais uma história de mocinhos e bandidos, me dá preguiça. 5x favela, no entanto, foge do clichê. É feito por quem entende do assunto: os moradores da comunidade. Por isso o subtítulo “Agora por nós mesmos”.  As cinco histórias foram escritas, produzidas, atuadas e dirigidas por pessoas que participaram de oficinas de cinema coordenada por Cacá Diegues e Renata de Almeida Magalhães em várias comunidades.

O filme tem o cheiro, a cor, o som dos morros. (Como comentei com o Fábio, que se diz apaixonado pelo Rio de Janeiro, mas, na verdade, só gosta do Leblon: “Eis o verdadeiro o Rio”.) Aquelas são as pessoas que fazem a cidade – que alguns insistem em chamar de maravilhosa –; que têm a ginga do Carnaval; que sofrem; que riem; que lutam para sobreviver, para comprar a comprar a mistura porque já estão cansadas de comer apenas arroz e feijão; que fazem parte da torcida do Flamengo; que não perdem o bom-humor; que se solidarizam nos momentos difíceis; que vivem de fato em comunidade.

Pensando nesse Rio, eu até me simpatizo pela capital carioca. Entretanto, sou paulistana demais para assumir isso. 😉

:: É arte: todas as cinco histórias são ótimas, mas Arroz com feijão é, para mim, a melhor. O ator mirim Pablo Vinícius (Orelha) dá um show de interpretação. Com certeza, se quiser e tiver oportunidade, poderá ir muito longe.

:: É fato: Talvez esse fosse o filme que deveria tentar uma vaga no Oscar. Mas preferiram mandar uma película cheia de clichês e características de novela das oito. Olha, eu adoro novela, mas nunca vi uma ganhar a estatueta dourada.

:: 5x favela – Agora por nós mesmos: Dir. coletiva. Brasil 2010. 96 minutos

Anúncios

2 comentários sobre “5x favela – agora por nós mesmos

  1. Opa!!! Que depoimento bombástico (e fantástico)! “Eu até me simpatizo pela capital carioca. Entretanto, sou paulistana demais para assumir isso.” Que ato de grandeza, amor! Puxa, parabéns, gostei! Hahahaha. 🙂

    E eu não gosto “só do Leblon”, não, viu? Madureira, território portelense, também me agrada, por exemplo. Adoro a Lapa, Santa Teresa… E o Leblon, é claro! 😉

    Achei o filme ótimo. Cacá Diegues sabe das coisas. Mas gostei de “Lula” também, viu? Por incrível que pareça! Hehehe. Mas “5X Favela” é melhor.

  2. Eu me simpatizo por uma faceta do Rio, só. SÓ! Amo minha cidade de paixão. Amo o caos, o trânsito, a poluição, a feiura. TUDO. Só troco São Paulo por Nova York, Paris, Londres ou Madri.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s