“mulher é desdobrável”


Hoje é o dia de queimar o sutiã! Borá lá, fazer fogueira e comemorar o dia Internacional da Mulher. Eu não sou feminista. Não curto essa ideia de direitos iguais e mulher auto-suficiente. OPA! Deixa eu me explicar!!! Eu gosto de algumas regalias que eu posso ter sendo do sexo feminino. Pedir para o namorado abrir a tampa do palmito. Gritar quando vejo uma barata. Que abram a porta do carro pra mim. Me coloquem do lado de dentro da calçada ao caminhar. E claro! Deixar o homem pagar a conta. Profissionalmente, por favor, vamos igualar os salários independentemente do sexo, ok?

Para homenagear as queridas mulheres do Brasil Varonil, escolhi um poema batido da escritora Adélia Padro. Os poemas fofos da poetiza falam de uma vida despretensiosas, do amor, da vida a dois, de ser mulher, de ser mãe, de ser esposa. Da vida simples. Da vida de mulherzinha que, às vezes, sonho ter. Do cotidiano sem graça de todos nós que pode ficar mais colorido quando temperado com poesia.

Feliz dia das mulheres!


Com Licença Poética

Adélia Prado

Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou tão feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
– dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade da alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s