Nota

não quero tchá!


Está faltando leitura para esse compositores de sertanojo, como diria Inezita Barroso. João Lucas e Marcelo, deixa eu contar uma coisa para vocês: essa história de tchu e de tchá, não é uma dança nova. Isso dança da Xuxa. Refresquem a memória…

Relembraram? Eu ainda arrisco dizer que “Dança da Xuxa” está anos luz na frente de “Quero tchu, quero tchá”.

Esses hits que estão na moda me fazem sentir uma saudade do tempo em que as duplas sertanejas eram formadas por irmãos e imploravam: pensa em mim, chore por mim, não, não liga pra ele. Ou confessavam que era o amor que mexia com a cabeça e os deixavam assim. Ou se perguntavam: mas pra que viver fingindo, se eu não posso enganar o coração?

(Diz aí, e no comando do Maestro João Carlos Martins fica ainda mais bonito!)

E querido Teló, “delícia” é a margarina que o senhor passa pão! Não sei vocês, mas nada me tira mais do sério do que quando alguém me passa uma cantada na rua dizendo: “aí, delicia!”. Mulher não é frango de padaria, homens!! E que história de “gata, me liga”? Será que eu sou muito antiquada? Gusttavo Lima, aqui quem liga é o senhor.

E ainda temos que aturar os caras que acham bonito sair com uma mulher sem um tostão porque sabem fazer um… “trelelele”?? João Neto e Frederico, vocês trabalham no Trianon? Pra mim, homem, mais do que trelelele, tem que ser aquele amante a moda antiga, do tipo que ainda manda flores, como canta Roberto Carlos. Sai pra lá com seu cartão bloqueado.

Apesar de todo progresso,
Conceitos e padrões atuais,
Sou do tipo, que na verdade,
Sofre por amor e ainda chora de saudades

É desses homens que as mulheres ainda gostam. Pelo menos, eu!

Por tudo isso, queridos vizinhos, parem ouvir esse tipo de  música em seus carros com aparelhos de som potentes. O Teló não conseguiu segurar a bela mulher que ele tinha com a sua declaração de amor “nossa, nossa, assim você me mata”, logo, você também não vai conseguir pegar ninguém.

Com esses mesmos arranjos eletro-bregas, tem gente fazendo coisas mais interessante, como a Gaby Amarantos e Zé Cafofinho e as correntes. Até os Aviões do Forró estão com canções mais inteligentes e bem humoradas. Mas isso fica para um próximo post. Vamos selecionar, né, galera? Porque de música chiclete já basta os jingles políticos que estão vindo aí.

Anúncios

2 comentários sobre “não quero tchá!

  1. Encontrei o seu link num blogue antigo meu. E quando vi o tema, parei e pensei tenho que ler. Finalmente alguém que me entende. Porque sinceramente, as músicas que estão por ai me causam vontade de ficar ouvindo Chopin vinte e quatro horas por dia.

    bacio

  2. É, Lu, anda mesmo complicado. O negócio é apelar para os fones. E seja sempre bem-vinda aqui! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s