Carta a D.


Esse blog foi por um tempo uma espécie de carta para uma pessoa. Eu escrevia aqui o que o meu coração dizia e o que eu queria que ele lêsse. André Gorz fez isso também. Pena que ele só tomou essa atitude quando sua adoravel Dorine não podia ler mais. Assim que li esse livro, algo se desfez em mim. Entendi melhor o que é sentimento complexo chamado amor. E o que é, de certo modo, um casamento.

De alguma forma, via em Dorine um pouco de mim. E em André, alguma coisa dele. Dorine, era mulher que gostava de dançar. André era uma pessoa que tinha medo. Medo de dançar. Medo de não ter dinheiro. Medo do amor. Medo de casar. Mas ele foi corajoso o suficiente para um dia correr atrás de Dorine e deixá-la ensinar o que era viver a dois e amadurecer.

“Compreendi com você que o prazer não é algo que se tome ou que se dê. Ele é um jeito de dar-se e de pedir ao outro a doação de si. Nós nos doamos interamente um ao outro.”

“Eu dizia: ‘O que nos prova que, em dez ou vinte anos, nosso pacto para a vida inteira corresponderá ao desejo do que teremos nos tornado?’
A sua reposta era incontornável: ‘Se você se une a alguém para a vida inteira, os dois estão pondo em comum sua vida e deixarão de fazer o que divide ou contraria a união. A construção do casal é um projeto comum aos dois, e vocês nunca terminarão de confirmá-lo, de adaptá-lo e de reorientá-lo em função das situações que forem mudando. Nós seremos o que fizermos juntos’.”

Meu livrinho – ele é curtinho, tem apenas 58 páginas – está todo marcado. Como uma pessoa me disse, esse é um livro precioso. Acredito que seja mesmo, precioso para todos aqueles que pensam em amar e deixarem ser amados um dia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s